sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência


Em 3 e 4  de Dezembro, a  poesia ecoou pela escola,  ora ao som dos violinos, ora  iluminada pelo brilho da árvore dos sorrisos. Em semana especial... algo especial!!


 
 








No dia 5, a  Drª Alexandra Macedo, especializada em Deficiência Visual, deu uma palestra onde  abordou a   escrita Braille,  a história da bengala branca e a importância  para os cegos dos cães guia. Entre pontos e pontinhos, os alunos deixaram-se fascinar pelas histórias e explicações dadas num discurso muito acessível e empolgante.







Das diversas atividades que decorreram  nos dias 3, 4 e 5 de Dezembro, comemorando o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, os alunos do 1º Ciclo, imbuídos pela leitura de poesia, meteram “mãos à obra” e  deixaram fluir também as suas emoções  em forma de poemas. Cânticos que elevam o ser diferente… As crianças surpreendem muitas vezes pela grandeza como tratam alguns assuntos. Este foi um belo exemplo disso.
Aqui ficam, apenas,  alguns pequenos “retalhos” de uma safra muito rica, que durante esta época natalícia "iluminam" os corredores da escola !!

“Gosto de ser quem sou,
porque sou especial!
Gosto de ser quem sou,
em mim não há nada de mal.”

“Gosto de ser quem sou
porque sou especial,
sou diferente de ti
e ao mesmo tempo igual.”

“...eu tenho direitos
que não os podem negar!
Também tenho sentimentos
e isso nunca vai mudar.”

“Ser cego
não é escuridão,
é ver a luz
dentro do coração.

Ser cego
não é uma limitação,
obriga, sim, a ver
o mundo com atenção.”

“Ser cego
é viver na escuridão.
Sentir nos meus dedos
uma  pequena vibração.”

" Ser Diferente...
 
… é ser original,
é ser feliz,
é ser especial.
É ser, por isso, fora do normal.”

“Ser cego é
ver tudo com o tato,
com a audição e
com o olfato.”

“Só quero ser feliz,
ninguém me vai impedir,
mesmo de cadeira de rodas,
eu estou sempre a sorrir.”

“Sou uma pessoa diferente,
mas o  meu sorriso voa pelo ar,
posso estar na cama, numa cadeira,
mas as pessoas sempre me irão amar.”
 

2 comentários: